Sistema de Apoio a Ações Coletivas - Transferência do Conhecimento Científico e Tecnológico

O projeto que propomos, PAM4Wellness, tem como objetivo global impactar a cadeia de valor das PAM portuguesas, produzidas e recolhidas da floresta no processo anual de limpeza e manutenção de ecossistemas, consolidando e valorizando estes recursos enquanto matéria-prima de valor acrescentado, especificamente orientado para o sector saúde: indústrias cosméticas e farmacêutica. Deste modo, planeou-se um conjunto de 4 atividades que pela sua organização servirão o propósito do processo de transferência, ...vai desde a sistematização do conhecimento técnico-científico na forma de elaboração de estudos e diagnósticos de acordo com o estado da arte e os objetivos do projeto (Atividade 1), à sua disseminação por via de ações de sensibilização e demonstração (Atividade 2), à promoção da eficiência por via da digitalização desenvolvendo plataformas através de novas tecnologias (Atividade 3) e finalmente promovendo e divulgando amplamente os resultados do projeto fazendo-os chegar de forma livre e abrangente a todos os atores da cadeia de valor.

Estrutura do Projeto

A estrutura de gestão do projecto e os mecanismos de tomada de decisão serão subsequentemente descritos.
As atividades a serem desenvolvidas e a sua distribuição temporal no projecto são as seguintes:

2021/07/01 - 2023-06-30

Atividade 1

Investigadores: Arminda Paço , Ana de Oliveira, Ana Duarte, Rita de Oliveira, Maria Amaral, Ângelo Luís, Vítor Moutinho, Pedro Gaspar, José Gonçalves, Fernanda Delgado, Maria Coelho, Rogério Dionísio, António Duarte, Francisco Frazão, João Sebastião, Celestino Almeida, Deolinda Alberto.

Elaboração de Estudos, pesquisas e diagnósticos diretamente relacionados com o desenvolvimento do projeto, visa dar resposta aos objetivos estratégicos definidos para este projeto, nomeadamente valorizar o conhecimento técnico-científico desenvolvido na área das PAM, ... numa perspetiva de valorização económica e comercial da sua cadeia de valor no âmbito da aplicação específica na área da saúde e bem-estar, bem como na valorização das externalidades positivas em outros sectores como o do turismo, considerando sempre o principio da sustentabilidade do sector e das suas aplicações. É uma atividade cuja tipologia de operação se enquadra nas a) iniciativas de interação e transferência de conhecimento cientifico e tecnológico com vista à sua valorização económica, incluindo atividades em rede, promoção Nacional e Internacional Neste sentido foram definidas 4 subatividades, com base nos pilares de intervenção vertical do projeto na cadeia de valor: a) Interação e transferência de conhecimento técnico-cientifico com vista à valorização económica dos resultados de ID&I; b) demonstração de desenvolvimento tecnológico e valorização dos sistemas de produção - Promoção da utilização de equipamentos tecnológicos de suporte à monitorização e gestão; c) organização, Logística e distribuição - Definição de modelo de organização adaptado ao sector PAM; d) práticas de sustentabilidade e economia circular.


2022-01-01 - 2023-06-30

Atividade 2

Investigadores: João Leitão, Ana de Oliveira, Ana Duarte, Rita de Oliveira, Maria Amaral, Ângelo Luís, Dina Pereira, José Gonçalves, Fernanda Delgado, Maria Coelho, Rogério Dionísio, António Duarte, Francisco Frazão, João Sebastião, Celestino Almeida, Deolinda Alberto.

Organização e implementação de ações de sensibilização, informação e demonstração, promove, dentro dos eixos verticais de ação do projeto na cadeia de valor PAM, a disseminação do conhecimento através de ferramentas de comunicação e valorização económica de produtos. ... A tipologia de operação desta atividade, insere-se em Ações de disseminação e de difusão de novos conhecimentos e tecnologias gerados no âmbito da I&D, para o tecido empresarial, que envolvam projetos-piloto demonstradores, ações setoriais de experimentação ou ações de difusão de informação científica e tecnológica. Está estruturada em quatro grandes grupos de ações que surtem efeito na cadeia de valor PAM: a) Workshops de difusão de informação cientifica e tecnológica com vista à Interação e transferência de conhecimento técnico-cientifico para valorização económica dos resultados de ID&I; b) Sessões de demonstração de desenvolvimento tecnológico e valorização dos sistemas de produção - Sessões de demonstração aplicadas ao processo produtivo das PAM; c) Ações de disseminação para desenvolvimento, validação e divulgação dos modelos de Organização, Logística e distribuição; d) Ações de informação e demonstração para a valorização económica de tecnologias e produtos e sua comercialização.


2021-07-01 - 2023-06-30

Atividade 3

Investigadores: Arminda Paço, Ana de Oliveira, Ana Duarte, Vítor Moutinho, Pedro Gaspar, José Gonçalves, Fernanda Delgado, Maria Coelho, Rogério Dionísio, António Duarte, Francisco Frazão, João Sebastião, Celestino Almeida, Cristina Bento.

Desenvolvimento de plataformas através de novas tecnologias pretende desenvolver diversas plataformas tecnológicas, no âmbito da realização atividades do projeto descritas nos pontos anteriores, promovendo a gestão de dados e a ...informatização dos processos, estando por isso alinhada com a digitalização das empresas e das atividades. Esta atividade insere-se na tipologia de operação Iniciativas de interação e transferência de conhecimento cientifico e tecnológico com vista à sua valorização económica, incluindo atividades em rede, promoção Nacional e Internacional. Está previsto o desenvolvimento e implementação das seguintes ferramentas tecnológicas: a) Plataforma digital on line de gestão de dados Sistema de rega localizada; b) Ferramenta informática de rastreabilidade das PAM tecnologia blockchain; c) Ferramenta computacional de simulação da pegada ambiental no setor PAM; d) Plataforma colaborativa em suporte cloud computing; e) Painel de board com indicadores de monitorização.


2022/01/01 - 2023/06/30

Atividade 4

Investigadores: Ana de Oliveira, Ana Duarte, José Gonçalves, Fernanda Delgado, Maria Coelho, Rogério Dionísio, António Duarte, Francisco Frazão, João Sebastião, Celestino Almeida.

Promoção e divulgação das atividades e resultados do projeto, incluindo desenvolvimento criativo e produção de materiais em suporte gráfico destina-se a promover e divulgar as atividades e resultados do projeto, incluindo desenvolvimento e produção de material promocional. ... Insere-se na tipologia de operação Ações de disseminação e de difusão de novos conhecimentos e tecnologias gerados no âmbito da I&D, para o tecido empresarial, que envolvam projetos-piloto demonstradores, ações setoriais de experimentação ou ações de difusão de informação e está estruturada segundo as seguintes subactividades: a) Seminário de Imersão; b) Imagem corporativa e manual de identidade gráfica do projeto; c) Plano de assessoria de comunicação; d) Conceção e produção de material promocional; e) Seminário de encerramento.


Entidades Anfitriãs

Universidades, Departamentos e Laboratórios Associados

UBI

Universidade da Beira Interior

Covilhã, Portugal

IPCB

Instituto Politécnico de Castelo Branco

Castelo Branco, Portugal

DIUBI

Departamento de Informática

UBI

FCS

Faculdade de Ciências da Saúde

UBI

UBImedical|Executive

Incobadora-UBI

UBI

ESGIN

Escola superior de Gestão

IPCB

ESA

Escola Superior Agrária

IPCB

EST

Escola Superior de Tecnologia

IPCB

Equipa de Investigação

Investigadores e líderes de I&D

UBI

Ana Palmeira de Oliveira

É a investigadora responsável pelo projeto, pela gestão global da sua execução, na monitorização e garantia do cumprimento dos objetivos e do plano definido, bem como na realização do processo de comunicação e disseminação do conhecimento de forma abrangente. Para além de investigadora na UBI, Ana é também empresária com vasta experiência em gestão de projetos de I&D especialmente focados no desenvolvimento de conhecimento para a sua direta aplicação no mercado, concretizando efetivamente o processo de transferência em várias áreas do sector da saúde mas especialmente na valorização de recursos endógenos aplicados à indústria cosmética.

Ângelo Luís

Investigador Auxiliar no Centro de Investigação em Ciências da Saúde. As suas áreas de interesse estão principalmente focadas na extração e caracterização de compostos bioativos de matrizes vegetais, nomeadamente óleos essenciais, avaliando as suas atividades antioxidante e antimicrobiana. Além disso, tem estudado os benefícios para a saúde humana de compostos naturais usando abordagens de meta-análise. Investigações recentes incluem o desenvolvimento de filmes ativos e biodegradáveis como novos materiais de embalagem alimentar.

Sebastião Pais

Professor Auxiliar no Departamento de Informática da UBI, e é investigador no NOVALINCS, onde tem desenvolvido investigação em Statistical Natural Language Processing, Statistical Learning, Artificial Intelligence, Lexical Semantics, Machine L earning, Information Retrieval, Social Network Analysis, Sentiment Analysis, Data Science and Data Mining.

Arminda do Paço

Professora Associada com Agregação na Universidade da Beira Interior e investigadora no NECE - Núcleo de Estudos em Ciências Empresariais. Atualmente é Presidente da Faculdade do Ciências Sociais e Humanas. Investiga e trabalha em projetos relacionados com o Empreendedorismo, Sustentabilidade e Economia Circular (e.g., ICT Entrepreneur, SCIENT, ARTISAN, SPRING, ENTRANCE, ENTER EdTech, TWINE, RE-START e START CIRCULAR).

Maria Amaral

É docente da Faculdade de Ciências da UBI e investigadora do centro de investigação FibEnTech, onde desenvolve investigação em extratos de plantas e produtos florestais.

Vítor Moutinho

Doutor em Sistemas Energéticos e Alterações Climáticas pela Universidade de Aveiro. Desde outubro de 2019 é Professor Auxiliar no Departamento de Gestão e Economia da Universidade da Beira Interior. É Investigador e Coordenador na área de Economia e Finanças no Núcleo de Investigação em Ciências Empresariais (NECE-UBI), promovido pela Fundação da Ciência e Tecnologia FCT. Publicou artigos em revistas especializadas em Economia da Energia e Políticas Energéticas, participou em várias conferencias internacionais. É investigador efetivo no NECE e investigador convidado na Unidade de investigação na linha de Governação, Competitividade, Inovação e Sustentabilidade (GOVCOPP-UA). É ainda investigador sénior no projeto Europeu FOCUS, financiado pela Comissão Europeia (GA 6637). Publicou artigos em várias revistas internacionais.

Pedro Dinis Gaspar

É Doutorado em Engenharia Mecânica. É Professor Auxiliar no Departamento de Engenharia Electromecânica da Universidade da Beira Interior (UBI). É investigador integrado do Centro de I&D Centre for Mechanical and Aerospace Science and Technologies (C-MAST), investigador do Laboratório Colaborativo Food4Sustainability e investigador colaborador do Smart Farm Digital Innovation Hub (SFDIH), do Assisted Living Computing (ALLab) and Telecommunications Laboratory, e do Instituto de Telecomunicações (IT). Tem vasta experiência na lecionação e investigação de temáticas fortemente associadas à sustentabilidade, seja ela de processos, energética ou ambiental.

João Leitão

É professor associado com agregação, sendo Agregado em Mudança Tecnológica e Empreendedorismo, pelo Instituto Superior Técnico (IST), da Universidade de Lisboa, e Doutorado em Economia, com especialização em Economia Industrial, pela Universidade da Beira Interior (UBI), lecionando disciplinas de Economia e Empreendedorismo. É diretor da UBIExecutive, Business School da UBI, do MBA@UBI e coordenador de mobilidade para a área de Economia da UBI; é investigador associado do CEG-IST e do Instituto de Ciências Sociais (ICS), da Universidade de Lisboa, investigador externo do CYFE da Università degli Studi di Bergamo, Itália e é investigador externo honorário no Small Business Research Centre, Kingston Business School, Kingston University London, Reino Unido. É perito nomeado: da European Innovation Council and SMEs Executive Agency (EISMEA), Bruxelas, Bélgica; da COST Association - European Cooperation in Science and Technology, Bruxelas, Bélgica; do Ministero dell'Università e della Ricerca, Roma; do G@V - Research and Training for Global Challenges Cofund Fellowship, Ca Foscari University of Venice, Itália; e do Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco, Portugal. Conta ainda com diversos livros internacionais e nacionais, artigos publicados em revistas indexadas de circulação internacional e uma patente nacional.

Dina Pereira

É doutorada em Engenharia e Gestão Industrial pela UBI, mestre em Gestão pela UBI e licenciada em Sociologia, pela Universidade de Coimbra; é investigadora integrada do CEG-IST, da Universidade de Lisboa, tendo coordenado o Gabinete de I&D da Divisão de Investigação e Desenvolvimento da UBI, onde foi também responsável de fundraising da UE; foi nomeada membro do RIS Council Board do EIT Food; é especialista da Agência Executiva da Educação, Audiovisual e Cultura no âmbito da gestão dos programas comunitários nos domínios da educação, audiovisual, cultura, juventude e cidadania; completou muitas especializações nas áreas de I&D no INPI, EPO, WIPO e ASTP e de transferência de tecnologia e empreendedorismo na University College London, AUTM, UCLA, Bergen University e University of Texas.

Henrique Oliveira

Atualmente, é estudante de doutoramento na Universidade da Beira Interior (UBI), tendo desenvolvido investigação na área do crescimento económico, consumo de energia e, relações económicas entre países. Tem interesse em desenvolver investigação nas áreas da macroeconomia, economia institucional, economia internacional e consumo de energias renováveis e não renováveis. Tenho publicações na Energy Reports, Energies, e apresentações de artigos em conferências como ICEER e APEEN.

Cátia Caetano

Bolseira de Investigação do projeto PAM4ELLNESS, licenciada em Ciências Biomédicas pela Universidade da Beira Interior e mestre em Ciências Biomédicas também na Universidade da Beira Interior tendo realizado a dissertação em Microbiologia.

Mariana Z. Fernandes

Bolseira do projeto PAM4Wellness e investigadora do CICS-UBI, licenciada em Biologia no Instituto Superior de Agronomia da UL tenho realizado o estágio em Cálculo de genética quantitativa para o melhoramento de castas antigas de videira, e mestre em Microbiologia Aplicada na Faculdade de Ciências da UL tendo realizado a tese em Caracterização molecular, fenótipica e genética de Haemophilus influenzae.

João Capucho

É estudante de doutoramento em Economia na Universidade da Beira Interior (UBI) - Departamento de Economia e Gestão, e investigador júnior no NECE - Centro de Investigação em Ciências Empresariais. É licenciado e mestre em Economia pela UBI. Tem artigos apresentados em conferências nacionais e internacionais, e um artigo publicado em revista internacional. Além disso, participou num projeto de investigação científica que visa identificar e medir os impactos das Instituições de Ensino Superior na Qualidade de Vida nas suas regiões (Projeto U-Value). Trabalha em diferentes áreas do campo da investigação económica, tais como: empreendedorismo, turismo, turismo sustentável, bem-estar, sustentabilidade, ensino superior, qualidade de vida e indústrias de plantas aromáticas e medicinais.

Sara Marcelino

É Licenciada em Gestão e Mestre em Engenharia e Gestão Industrial. Atualmente, é estudante de Doutoramento em Engenharia e Gestão Industrial na Universidade da Beira Interior (UBI) e investigadora no Centre for Mechanical and Aerospace Science and Technologies (C-MAST). Tem como principal interesse projetos de investigação relacionados com a Sustentabilidade, Economia Circular e Filosofia Lean.

Samia Hamdane

É doutorada em Engenharia Mecânica e publicou vários trabalhos e artigos na área de sistemas de energia, desenvolvimento sustentável e modelagem. É investigadora associada do Centro de Ciências e Tecnologias Mecânicas e Aeroespaciais. Os seus principais interesses de investigação são projetos de pesquisa relacionados com a sustentabilidade e o desenvolvimento de sistemas convencionais para redução do consumo de energia.

Investigadores e líderes de I&D

IPCB

José Carlos Gonçalves

Licenciado em Biologia, Ramo Educacional e Ramo Científico pela Universidade de Coimbra. Mestre em Produção Vegetal e Doutor em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia da UTL. Desenvolve atividade de investigação na área da biotecnologia vegetal, com incidência nas áreas das culturas vegetais in vitro aplicados a sistemas de multiplicação de plantas, metabolitos secundários e de preservação de germoplasma. É investigador integrado Centro de Estudos de Recursos Naturais, Ambiente e Sociedade (CERNAS), Centro FCT, classificação Muito Bom. É membro do editorial board da revista Biologia Plantarum e revisor de vári as publicações. É atualmente diretor científico do Centro de Biotecnologia de Plantas da Beira Interior.

Fernanda Delgado

Professora Adjunta no IPCB desde 1987. Doutorada em Engenharia Agronómica pela Universidade Técnica de Lisboa. Investigadora integrada do CERNAS (Centro de Recursos Naturais, Ambiente e Sociedade, no âmbito das Ciências Agrárias e Alimentares). Responsável pelo Laboratório de Fitoquímica do Centro de Biotecnologia de Plantas da Beira Interior (CBPBI). Orientadora de diversas teses de licenciatura, mestrado e doutoramento. É autora e co-autora de diversos livros e artigos técnicos e científicos. Com especialização em Plantas Aromáticas e Medicinais, Plantas Ornamentais e Plantas Hortícolas (Produção, propagação seminal e vegetativa, fisiologia, morfologia e botânica, fenologia, metabolitos secundários, óleos essenciais, conservação da biodiversidade vegetal e valorização de espécies de interesse regional).

Maria Teresa Coelho

Doutorada em Eng. Alimentar pela Universidade de Lisboa (Instituto Superior de Agronomia), Professora-Adjunto no IPCB - Escola Superior Agrária (Unidade Técnico-Científica de Ciências da Vida e dos Alimentos), onde leciona/ou as seguintes unidades curriculares: Biologia Celular, Biologia Celular e Molecular, Culturas Celulares, Toxicologia, Toxicologia Alimentar, Bioquímica e Toxicologia Alimentar, Engenharia Genética, Botânica, Tecnologias da Multiplicação de Plantas, Física Ambiental, Genética, Química e Técnicas Laboratoriais em Biologia, sendo Coordenadora do Curso de Produção de Alimentos e Nutrição Humana. É Responsável Técnico-Científico do Laboratório de Biologia Vegetal da Escola Superior Agrária de Castelo Branco. É Membro integrado do centro de investigação CERNAS (Centro de Estudos de Recursos Naturais), Ambiente e Sociedade e investigadora do CBPBI (Centro de Biotecnologia de Plantas da Beira Interior). InovEP - Inovação com extratos de plantas e CMeC - Cereja do Fundão confitada com mel e carqueja como promotora para a saúde.

Rogério Dionísio

Professor Adjunto no Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), Doutorado em Engenharia Eletrónica pela Universidade de Aveiro. É sub-diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCB; foi investigador do instituto de Telecomunicações (2066-2015), e é atualmente investigador associado da UID DiSAC, Castelo Branco, Portugal e Colaborador no INESC-TEC, Porto, Portugal. É perito nomeado pela Comissão Europeia - DGROW, Bruxelas, Bélgica; e do Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco, Portugal. É Especialista em Telecomunicações e Membro Sénior da Ordem dos Engenheiros, Portugal. É Membro Sénior do IEEE - Institute of Electrical and Electronic Engineers, Estados Unidos; Membro com direito a voto da European Technology Platform - Photonics21, Bruxelas Bélgica.

António Canatário Duarte

Professor Adjunto na Escola Superior Agrária/Instituto Politécnico de Castelo Branco, doutorado em Agronomia pela Universidade de Córdoba (Espanha), mestre em Engenharia da Rega e dos Recursos Agrícolas, pelo Instituto Superior de Agronomia/Universidade de Lisboa, e licenciado em Engenharia Agrícola, pela Universidade de Évora. Investigador nos Centros de Estudos BIOGEOTEC – Pólo da Covilhã, e CERNAS – Pólo de Castelo Branco. Colaborador com a AERES-University of Applied Sciences (Almere, Holanda).

Francisco Frazão

É lic. em Eng. Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia e mestre em Hidráulica e Recursos Hídricos pelo Instituto Superior Técnico, ambos da Universidade de Lisboa. É Professor Adjunto na Escola Superior Agrária do IPCB desde 1984, onde lecionou e leciona disciplinas nas áreas científicas de Hidráulica, Hidrologia, Termodinâmica, Cartografia, Topografia, Técnicas de Regadio e Instalações Rurais. Participou de vários projetos no âmbito das atividades de investigação e desenvolvimento na temática da rega.

João Renato Sebastião

Docente do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB). É doutorado em Matemática e investigador colaborador no Centro de Matemática e Aplicações da Universidade da Beira Interior. É autor de várias publicações científicas nas áreas da Teoria da Probabilidade, dos Processos Estocásticos e da Gestão que envolvem a utilização de metodologias estatísticas. É membro do Conselho Geral do IPCB, do Conselho Técnico-Científico e do Conselho de Representantes da Escola Superior de Gestão (ESGIN). Foi Subdiretor da ESGIN no período entre Novembro de 2018 e Dezembro de 2020.

Celestino Almeida

Professor Coordenador na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco. É doutorado em extensão e desenvolvimento rural, com trabalho desenvolvido no âmbito do planeamento estratégico em áreas rurais e participação e diversos organismos relacionados com qualidade e certificação de produtos agroalimentares. Recentemente coordenou da equipa do IPCB que desenvolveu o projeto de Valorização do Tejo Internacional, projeto financiado pelo Fundo Ambiental (2019), e coordenou a equipa do IPCB que desenvolveu o Estudo da fileira da Nogueira e da noz em Portugal, no âmbito do Projeto Portugal Nuts Norte-02-0853-FEDER, promovido pelo Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos.

Deolinda Alberto

Mestre em Gestão de Empresas (especialização Marketing) pela Universidade da Beira Interior, Licenciada em Engenharia Agronómica (especialização em Economia Agrária e Sociologia Rural) pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa. É professora adjunta na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco na área de científica de Marketing, Economia e Gestão de Empresas. Tem desenvolvido atividades de investigação no CERNAS (Centro de Investigação em Recursos Naturais, Ambiente e Sociedade) nas áreas de Economia Agrária, Desenvolvimento Rural e Marketing Agroalimentar. Tem participado em diversos projetos nacionais e internacionais e é autora de diversas publicações nas áreas anteriormente referidas.

Cristina Bento

É Licenciada em Geografia Planeamento e Gestão do Território e Mestre em Geografia na área de especialização em Desenvolvimento Regional e Local. As principais atividades e responsabilidades são desenvolvidas no âmbito do funcionamento do Centro de Estudos e Desenvolvimento Regional (CEDER)/ Gabinete de Projetos, destacando-se: Assessoria técnica para preparação de projetos, planos e programas de atividade científica e submissão às entidades competentes; Acompanhamento das candidaturas a financiamento; Apoio à prestação de serviços; Apoio à organização de eventos científicos; Administração de conteúdos em páginas web; Apoio a projetos de estímulo ao empreendedorismo.

Notícias

Todas as informações sobre as atividades realizadas no âmbito do projeto

10 Nov, 2022

Modernizar a produção de pinheiro manso

Alinhar mercados, produtos e empreendedorismo.

...

21 Nov, 2022

As Empresas no Centro da Investigação

Teve lugar no passado dia 21 de novembro de 2022, o NECE talks que é uma iniciativa conjunta do Núcleo de Estudos em Ciências Empresariais (NECE), da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade da Beira Interior (UBI) e do seu Conselho Consultivo. Este evento visa reforçar a ligação entre a Universidade e as Empresas através da partilha de experiências e recursos que permitam às mesmas e à comunidade beneficiar da capacidade técnica e do conhecimento dos recursos humanos especializados da UBI para apoiar decisões de gestão. O evento contou com a participação de várias empresas, investigadores e de Sua Exa. o Ministro da Economia e do Mar, António Costa e Silva.

Assim, foram divulgadas várias iniciativas e projetos envolvendo a colaboração das empresas. No caso do projeto PAM4Wellness, Arminda do Paço, responsável pela atividade “Práticas de sustentabilidade e economia circular”, explicou à audiência que o projeto visa alavancar a cadeia de valor das Plantas Aromáticas e Medicinais (PAM) portuguesa, quer produzidas em modo biológico, quer recoletadas da floresta, criando interação entre os produtores e as indústrias farmacêutica, cosmética e de suplementos alimentares. Reforçou o potencial contributo para a valorização dos resíduos e para a promoção da economia circular, pelo que será necessária a realização de um benchmarking com vista a identificar as melhores práticas, nomeadamente no que diz respeito aos processos de produção, utilização e tratamento de resíduos, e à valorização de outros produtos, tais como o turismo associado às PAM.

Financiamento do Projeto

Valores Totais

Financimanto Total

288.282,68

Investimento Total

178.116,79

Investimento Elegível Total

178.116,79

Fale connosco através do formulário abaixo!